O que é a lei da atração afinal?

A Lei da atração é a mais conhecida de 18 Leis Universais. O que ela defende é que todos criamos a nossa própria realidade, desde a casa em que vivemos ao dinheiro em nossas contas bancárias através dos nossos pensamentos e das nossas emoções.
Isto quer dizer que atraímos todas as circunstâncias atuais da nossa vida, de acordo com os nossos padrões de pensamento, e isso pode ser apoiado pelo mais óbvio: quem é bem sucedido despende mais tempo com pessoas bem sucedidas e mantém padrões de pensamento e crenças de que será bem sucedido, levando-o a não perder as oportunidades que o levam ao sucesso.

Essencialmente, o Universo inteiro é feito somente de energia

Essencialmente, o Universo inteiro é feito somente de energia

Mais profundamente, a Lei da atração é baseada no princípio em que tudo no Universo é energia. Nos últimos anos os cientistas tem feito descobertas incríveis no campo da física quântica; a ciência que investiga o Universo sub-atómico, onde se comprova que tudo que nos parece matéria é na verdade energia que vibra numa determinada frequência em uma grelha que forma determinado objeto. Isto significa que a energia que vibra a uma determinada frequência dentro de uma grelha, forma um objeto, como uma pedra, uma planta, e até uma pessoa.

Os nossos pensamentos também emitem uma frequência, e aquilo nos rodeia (que está dentro de nós e compõe tudo em nosso redor), reage a essa frequência devolvendo acontecimentos, ações, pensamentos e outras frequências semelhantes.
Se você tiver pensamentos negativos, e os seus sentimentos forem negativos, você atrairá para si mais pensamentos e situações negativas, que vão fazer aumentar a intensidade da vibração. Por outro lado, se você estiver numa frequência positiva, atrairá para si outros pensamentos, pessoas e situações positivas que vão sustentar essa vibração. Isso explica porque “tudo de mau que tem para acontecer, acontece na pior altura possível”. Isso lhe parece familiar?

A Lei da Atracão funciona quando existe um padrão de pensamento persistente ou muito forte, que mantém a frequência num ciclo constante. Esse ciclo é a mensagem que é enviada para o Universo. Ciclos de pensamentos por sua vez, são pensamentos que são repetidos constantemente pela nossa mente no seu estado consciente ou subconsciente, podendo muitas vezes estar enraizados ou disfarçados, aparecendo mais tarde na forma de ansiedade, de fracasso… e a lista continua…
Se durante a infância você foi “lembrado” do quanto era gordo ou feio, com certeza que anos depois essa ideia virou uma crença, que deixou sequelas na sua auto-estima. Traços disso podem ser detetados em vários pensamentos e ações que teme fazer hoje, tais como discursar em público, que resulta em ansiedade e frustração.
Muitas pessoas ficam com medo quando descobrem as evidências sobre a Lei da Atracão a funcionar em suas vidas. Eu pessoalmente fiquei muito satisfeito quando comecei a detetar áreas da minha vida onde essas falsas crenças criavam esses ciclos. Mas com o passar do tempo eu consegui enfraquecer esses ciclos.
Felizmente é possível mudar esses padrões e hábitos, mas demora o seu tempo, e a Lei da Atração é muito rigorosa com isso. Afirma que retorna aquilo em que mais pensa. Não importa se pensa em “acabar com dívidas” ou “ter mais dívidas”; se pensa no assunto “dívida” estará a atrair dívida. O processo passa então por cultivar um novo ciclo de crenças e pensamentos, e isso requer a mudança de hábitos.

Aqui nesse pequeno vídeo, Oprah Winfrey fala em entrevista com o Larry King (CNN) sobre como a lei da atração funcionou na sua vida.

 

A história da lei da atração

Escrita da "Tábua de esmeralda" por Hermes Trismegisto

Escrita da “Tábua de esmeralda” por Hermes Trismegisto

A Lei da atração existe desde a criação do Universo e sempre irá existir. É uma das Leis que define a ordem no Universo.

Antigas tradições herméticas e místicas apoiaram e documentaram esta lei como a Lei principal do Universo. Prova disso está patente na famosa “Tábua de Esmeralda”, conhecida também como Tabula Smaragdina ou o Segredo de Hermes, que se acredita ter sido escrita pelo alquimista Hermes Trismegisto.

As primeiras práticas conhecidas sobre a Lei da Atracão remontam a Cachemira na Índia no Século VIII.

Lá existia uma vertente religiosa e filosófica chamada Shaivaismo, que centrava a sua crença na Vibração, chamado de Spanda. A sua popularidade os levou depois a ser publicados como Upanishads ou textos Védicos Sagrados.
Estes textos apenas se tornaram conhecidos no mundo ocidental e pela novas correntes do “novo pensamento” quando foram traduzidos para o Latim pelo inteletual francês Abraham Anquetil Duperron no século XIX. A partir dali eles despertaram o interesse do mundo.

Esse “novo pensamento” está agora ao alcance de todos, e com ferramentas que nos possibilitam estudar e utilizar a Lei Universal com alguma facilidade em todas as áreas da nossa vida.

Evidência que comprova que a escrita da tábua está relacionada com a Lei da Atracão é a crença que Tudo é Deus.

“É verdade, sem engano, certo e muito verdadeiro: o que está em baixo é como o que está em cima, e o que está em cima é como o que está em baixo, para realizar os milagres de uma coisa única”

- Tábua de Esmeralda. Aprox. 3000 a.C.

 

Conselhos para aplicar a Lei da atração

O reconhecimento da Lei da atração e decisão para a sua utilização significa 2 coisas:

  1. Que você assume total responsabilidade sobre a sua vida atual;
  2. Que você assume total responsabilidade sobre suas ações e decisões futuras.

Se deseja colocar a Lei da atração a funcionar em plena harmonia com a sua felicidade, trabalhe primeiro no seu interior. Encontre a sua paz e felicidade interior, sem depender de nada nem ninguém para obter estes dois elementos. Tudo que vem através da Lei será sempre uma belíssima surpresa que acrescenta à sua felicidade.
Se optar por apressar tudo sem construir primeiro as suas fundações, você vai acabar abandonando a crença passados 3 meses e pode acabar com o mundo desabando sobre si.

 

Viver a Lei da Atração

Quando utilizar a Lei da Atração, é importante que você viva sempre no presente e nunca no passado, nem no futuro. Sabia que 98% daquilo que pensa sobre o futuro é baseado no passado e que 90% daquilo que a mente produz sobre o passado é negativo? É por isso que quando você cria com recurso à Lei da atração, deve fazer isso no momento presente!

Gostou dessa matéria ou tem perguntas que gostaria de colocar? Deixe por favor o seu valioso comentário abaixo.


Gostou desse artigo? Por favor partilhe! :)