O milagre da vida

Imagine um mundo sem vida. Alguma vez você pensou nisso?
Como seria se não existisse vida? O que restaria? Nada?

É difícil pensar nisso. Até mesmo o conceito de “não existir nada” é difícil de entender, porque para entender isso seria necessário algo para poder comparar, e isso implicaria você existir – existir vida. Isso me faz lembrar a frase “Se uma árvore cai na floresta mas não tem ninguém por perto, ela faz barulho?”. A dúvida da não existência é um tema profundo e difícil de compreender.

No entanto, eu sei, sem menor sombra de dúvida, como é o oposto, porque sei que o mero ato de pensar prova que eu existo e que eu tenho vida.
O conceito de vida em si é algo muito profundo, existente… mas difícil de explicar também, e infelizmente muito ignorado.

Temos tendência a dar valor e amar tudo o resto, mas não nos apaixonamos por aquilo que é mais fascinante: a própria vida. É surpreendente como as pessoas vivem a vida desta forma, se esforçando para amar tudo… tentando amar outras pessoas, tentando amar Deus, tentando amar isto ou aquilo, procurando o amor fora de si, mas se esquecendo de amar o mais amável de todos. Sem ela nada existiria.

Por vezes as pessoas de viram para Deus, esperando que o milagre do amor ou da vida aconteça, e pedem um sinal, mas ignoram o sinal entrando e saindo… Sempre rezando e esperando por algo que é respondido a cada segundo, minuto, hora… A sua respiração vem e vai… O maior milagre do Universo acontecendo, entrando e saindo…

Preces são aprendidas, praticadas, ensaiadas e repetidas vezes sem conta, mas a única coisa que falta aprender é como essas preces são respondidas a cada segundo das nossas vidas.

 

A realidade sobre o milagre da vida

Mesmo que você, tal como eu, que está lendo isso, saiba que esse milagre é de verdade, temos sempre tendência a esquecer as possibilidades que nos são dadas todos os dias, que são parte deste grande milagre.

Temos a possibilidade de mudar, a possibilidade de viver em paz, de ter um dia maravilhoso, de mudar a vida dos outros, de praticar o bem, de sentirmos a felicidade e a realização. Apenas podemos fazer isso passando por essas experiências.

As experiências que eu refiro, são aquelas que você próprio vive diariamente, e não daquelas que fica apenas falando. Ficar apenas falando sobre a experiência é como coçar a sua mão na expectativa de passar a coceira que sente no pé.
Isto é a realidade, e pensar apenas nela não é o suficiente. “Pensar” não substitui a realidade. Você precisa passar pela experiência para entendê-la.

Então a realidade absoluta é… que você está vivo, e que você existe. Sem a sua existência nada mais existiria. A sua existência é o maior milagre de todos, e é o que lhe permite ter tudo o resto. Permite viver outras experiências, amar outras pessoas, ser rico, crescer, ser pai, mãe, ou aquilo que você quiser. A sua existência é mais importante que o próprio Universo porque se você não existisse, você não saberia o que existe. Seria nada…

Pode ficar achando que tem outras prioridades na sua vida, mas acima de tudo deve lembrar que você é mais importante que tudo na vida. Você é mais importante que seus problemas, sua tristeza, sua situação… e se você precisa de uma prova em como esse milagre existe, abrande um pouco e sinta… entrando… saindo…
Quando você faz isso, tudo o resto em seu redor se enche de opções e outros milagres, tudo se encaixando no seu devido lugar.

Então faça um grande favor a si mesmo e para seus amados, e compartilhe este conhecimento. Respire… Sinta a sua existência…

 

Assista esse vídeo de Prem Rawat (Maharaji) falando sobre a importância da sua existência e do grande milagre da vida. Sinta sua paz e profundo conhecimento numa palestra leve e muito curtida.

 

O milagre da vida

 

Curtiu desse artigo? Compartilhe com seus amigos e familiares e comente!

 


Gostou desse artigo? Por favor partilhe! :)